Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Erre Grande

Diário motivacional de quem sabe o que quer: viver, aprender e crescer profissional e pessoalmente.

Erre Grande

Diário motivacional de quem sabe o que quer: viver, aprender e crescer profissional e pessoalmente.

O sucesso é pessoal

O sucesso. Aquela palavra que nos deixa a pensar, aquele estado que todos queremos alcançar. Queremos ser felizes e sobretudo queremos ter sucesso. Queremos ter sucesso e queremos que os outros reconheçam o nosso sucesso.

 

Mas o que é o sucesso? O que é uma pessoa bem sucedida?

 

Cá em Portugal, o sucesso parece ser um salário rechonchudo ou apenas um contrato de trabalho. Sucesso parece ser o BWM estacionado na garagem, ser chefe de uma empresa, ter uma equipa de trabalho, ser gestor ou advogado ou médico, usar uma determinada mala ou ter determinado relógio, só ir comer fora, morar numa casa de grandes dimensões...

O conceito de sucesso tradicional está demasiado agarrado às coisas que temos e não propriamente ao que fazemos. Tal como já defendi aqui, o sucesso vem com o bom profissionalismo, com a utilização das nossas capacidades, com o nosso potencial a ser desenvolvido todos os dias. Contudo, nem sempre esse sucesso é reconhecido pelos outros.

 

E é aqui que temos de mudar a mentalidade para termos melhores profissionais e pessoas motivadas em trabalhar.

 

O sucesso não é uma moral colectiva definida por todos. O sucesso é o atingir dos nossos objectivos pessoais. É a satisfação com o nosso bom trabalho. É a consciência tranquila de quem fez o que era necessário fazer para prestar determinado serviço a outro.

O sucesso é um "consegui!" mas esse consegui é uma satisfação interna, uma celebração depois de termos um sonho, planearmos o nosso caminho e de termos chegado lá.

 

Para que as pessoas se sintam bem e sejam bem sucedidas, devemos ignorar as pressões dos outros e focarmo-nos em nós. O que eu quero? O que eu não quero? O que eu quero ter? O que eu não quero ter? O que eu quero ser? O que eu não quero ser? A partir destas questões, teremos sucesso quando chegarmos a esses objectivos e não precisaremos de vestir um fato e uma gravata todos os dias nem ter um carro à porta da garagem.

 

Não quero dizer que as pessoas não possam usar fatos e gravatas para o trabalho. O que quero dizer é que não é isso que define o sucesso de alguém. Pois o sucesso é algo pessoal.