Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Erre Grande

Diário motivacional de quem sabe o que quer: viver, aprender e crescer profissional e pessoalmente.

Erre Grande

Diário motivacional de quem sabe o que quer: viver, aprender e crescer profissional e pessoalmente.

Como fazer uma lista de tarefas

Trabalhar é produzir algo, realizar projectos, colocar ideias em prática. E para sabermos exactamente aquilo que temos de fazer devemos fazer uma lista de tarefas.

 

Somos seres humanos e passamos os nossos dias a realizar actividades, desde as actividades rotineiras, como comer, dormir, andar, até actividades mais complexas, como decidir, implementar, reflectir. Com tantos papéis e tantas responsabilidades que temos, é natural que não nos lembremos de tudo aquilo que temos de fazer num dia e é aqui que entra a lista de tarefas. 

 

Uma boa vida profissional e pessoal depende da nossa organização e o planeamento de tarefas a realizar é a chave para podermos ser mais produtivos e termos mais tempo livre para nos dedicarmos a actividades de lazer.

 

Assim, para fazermos uma boa lista de tarefas devemos:

  • Definir as tarefas: começar o dia com uma lista é fundamental para sabermos o que queremos concretizar e o que nos predispostos a cumprir nesse dia.
  • Seja específico: identifique todas as tarefas e seja específico. "Arrumar a secretária" pode ser uma tarefa mas se escrever "organizar os papéis da secretária para arquivar na sala 3" é uma tarefa muito mais específica com uma orientação clara para o resultado a ser atingido;
  • Estabeleça prioridades: todos temos muito que fazer mas nem todas as tarefas tem o mesmo peso e importância. Por isso coloque as tarefas por ordem de prioridades para perceber o que realmente quer atingir nesse dia;
  • Faça um plano semanal: para além de estabelecer metas diárias, ter uma visão total do trabalho a desenvolver durante uma semana de trabalho ajuda-o a perceber o ritmo e a evolução das tarefas. Ajuda também a perceber qual é o seu método de trabalho e como pode melhorá-lo para ser ainda mais eficaz.

 

Depois de pronta a lista, por onde começar? Ao enumerar as prioridades, escolha também começar pelas tarefas mais difíceis e que levam mais tempo. Depois de um maior esforço, as tarefas mais simples vão parecer mais fáceis e o trabalho estará concluído em apenas alguns minutos.

 

E para uma organização ainda mais eficaz, pode ainda definir tarefas e conjugá-las para poder fazer duas coisas: sabia que pode fazer aquela chamada telefónica a caminho do trabalho? Ou que pode ter aquela reunião de negócios ao almoço? Combinar actividades, desde que não caia no multitasking excessivo, pode ser uma boa prática.

 

Assim, para uma boa produtividade, devemos fazer um bom planeamento de objectivos: devemos definir as nossas tarefas para o dia-a-dia, definir tarefas específicas, hierarquizar a sua importância e implementá-las de forma clara e organizada.