Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Erre Grande

Diário motivacional de quem sabe o que quer: viver, aprender e crescer profissional e pessoalmente.

Erre Grande

Diário motivacional de quem sabe o que quer: viver, aprender e crescer profissional e pessoalmente.

Altos e baixos na rotina

A rotina de trabalho é muitas vezes apelidada de stressante.

Já a palavra "rotina" gera sempre um tom descontentamento: a rotina é sempre a mesma coisa, mecânico, sempre os mesmos colegas, o mesmo patrão, o mesmo trabalho. A rotina é sempre rotina.

É nesse momento de rotina que vivemos de segunda a sexta-feira, em pleno piloto automático que quando nos perguntam como corre a vida respondemos "uns dias piores outros dias melhores".

Porque a rotina de trabalho, tal como a vida, tem altos e baixos. Uns dias acordamos mais bem dispostos para ir para o trabalho (o sol também ajuda), outras vezes nem queremos sair da cama. Uns dias estamos satisfeitos com o trabalho que realizamos e noutros só nos apetece largar tudo.

Para quem se deprime com os dias maus depois de uma semana em cheio, devo dizer que é natural. Vai sempre existir altos e baixos. Tal como a motivação é flutuante, os dias menos bons, menos interessantes, menos inspiradores também são flutuantes.

De facto, a rotina parece-me menos rotineirada do que realmente é. Se calhar nós é que flutuamos, a nossa motivação e interesse é que flutuam.

Se calhar, a rotina não é assim tão boa, mas também não é assim tão má. Se calhar nós é que andamos aos altos e baixos e não a rotina. Se calhar o nosso bom desempenho depende mais de nós, se calhar a nossa satisfação no trabalho depende mais de nós...se calhar, se calhar...se calhar, é pensar as coisas de outra maneira.