Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Erre Grande

Diário motivacional de quem sabe o que quer: viver, aprender e crescer profissional e pessoalmente.

Erre Grande

Diário motivacional de quem sabe o que quer: viver, aprender e crescer profissional e pessoalmente.

A perder o medo

Medo.

Medo é aquela palavra que nos assusta. O medo é muitas vezes a razão de muitos problemas na nossa vida.

Quantas vezes deixamos de fazer algo de que gostamos porque temos medo de arriscar? Medo de falhar? Medo de perder? Medo do que vão pensar de nós? Medo de tentar e conseguir?

 

Quando tenho medo de tentar, fico numa pilha de nervos, super ansiosa, sem respirar a pensar mil e quinhetas vezes na minha cabeça "o que é que eu faço?". O que eu realmente queria fazer era ficar na minha cama e esperar que as coisas passassem, qual criança que faz birra.

Mas as birras não resolve problemas ou ultrapassam obstáculos e cada vez mais sei que é na acção que o medo desaparece.

 

Se temos receio de ir falar com alguém, é quando vamos falar e percebemos que a conversa até nem foi tão má quanto a imaginavamos na nossa cabeça; se temos medo das alturas, é quando experimentamos uma diversão que percebemos que afinal não custa; se temos medo de contar à nossa família as nossas paixões, é quando contamos que percebemos que recebemos apoio e compreensão.

 

É através da prática que colocamos os nossos medos em cheque. É através da acção que enfrentamos os nossos medos. É através do colocar em prática que conhecemos os nossos limites. É através da saída da zona de conforto que testamos a nossa capacidade de realizarmos os nossos sonhos.

De cada vez que tenho medo e ajo, sei que me vou sentir melhor depois. Sei que na minha cabeça custa naquele momento, sei que o meu corpo está ansioso e não quer ir em frente, sei que morro de medo só de dar aquele passo - mas também sei que depois de tomada a decisão e de agir, vou-me sentir mil vezes melhor por ter conseguido ultrapassar essa barreira e superar-me.

 

O medo existe para termos instinto de sobrevivência e existe para superarmos essa sobrevivência e passarmos a viver. E só agindo é que deixamos o medo para trás e caminhamos em direcção ao futuro. Viver em medo é sobreviver - e viver para lá do medo é o começo da verdadeira vida!